Normal view MARC view ISBD view

A caneta que escreve e a que prescreve : doença e medicina na literatura portuguesa : antologia / org. Clara Crabbé Rocha ; colab. de Teresa Jorge Ferreira ; pref. de Emílio Rui Vilar

Secondary Author Rocha, Clara Crabbé, 1955-
Ferreira, Teresa Jorge
Vilar, Emílio Rui, 1939-
Publication Lisboa : Verbo, D.L. 2012 Description 377 p. ; 23 cm ISBN 9789722230797 Abstract A presente antologia propõe ao leitor uma seleção de textos literários sobre doença e medicina, reunindo excertos representativos das diferentes épocas da literatura portuguesa, dos seus autores e das suas obras mais relevantes, ou de obras especialmente dedicadas a temas médicos. Na sua historicidade, mas também no todo orgânico que formam, estes textos mostram como a representação da doença, enquanto expressão ligada à própria vida, acompanhou a produção literária ao longo dos séculos, e como a escrita, nas modulações do testemunho, do exemplo, do trabalho catártico ou do exercício (re)estruturante, configura e questiona a condição de desamparo e de fragilidade provocada pelo sofrimento físico ou anímico. Topical name Literatura portuguesa - Antologias
Literatura portuguesa - Temática - Doença e medicina
CDU 821.134.3
82-82
Tags from this library: No tags from this library for this title. Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Holdings
Item type Current location Call number Status Date due Barcode Item holds
Book IADE-UE
82.82 ROC Available IA14545
Total holds: 0

A presente antologia propõe ao leitor uma seleção de textos literários sobre doença e medicina, reunindo excertos representativos das diferentes épocas da literatura portuguesa, dos seus autores e das suas obras mais relevantes, ou de obras especialmente dedicadas a temas médicos. Na sua historicidade, mas também no todo orgânico que formam, estes textos mostram como a representação da doença, enquanto expressão ligada à própria vida, acompanhou a produção literária ao longo dos séculos, e como a escrita, nas modulações do testemunho, do exemplo, do trabalho catártico ou do exercício (re)estruturante, configura e questiona a condição de desamparo e de fragilidade provocada pelo sofrimento físico ou anímico.

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.